• Banner1
  • Banner2
  • Banner3
  • Banner4

Laudos e Projetos Elétricos

 

 

Canal

    2

     

  

 

Projetos Elétricos

 

Projetos e instalações elétricas desenvolvidas conforme as normas garantem inúmeros benefícios para sua empresa ou imóvel, como economia e garantia de um excelente funcionamento da planta elétrica e equipamentos.

Todo projeto deve ser realizado por profissional habilitado, com registro no CREA; deve seguir todos os preceitos das normas técnicas da ABNT, além de ter o recolhimento da ART (Anotação de Responsabilidade Técnica) que garante ao usuário e ao profissional a certeza de um trabalho correto.

Dentre os projetos, podemos citar:

  • Instalações elétricas provisórias para canteiros de obras;
  • Setores Industrial, Comercial e Residencial;
  • Subestações de energia;
  • Aterramento da instalação e máquinas sensíveis;
  • Ampliação e/ou melhorias nas instalações elétricas;
  • Quadros de força, de distribuição e de comando;
  • Quadro para controle do fator de potência (reativos excedentes);
  • SPDA - Sistema de proteção contra descargas atmosféricas (pára-raios);
  • Retrofit - Modernização das instalações;
  • Projeto Luminotécnico;
  • Sistema de Antena e TV;
  • Telefonia e Interfonia;
  • Segurança e CFTV;
  • Acionamento e Comandos;
  • Iluminação de Emergência;
  • Dados e Cabeamento Estruturado (Infraestrutura).

  

Laudos de Aterramento Elétrico

 

As normas NR10, NBR5410, NBR5419 e RT dos Bombeiros exigem que o sistema de aterramento seja periodicamente analisado por profissional legalmente habilitado. Após a análise é emitido o Laudo Técnico com a descrição completa da situação em que se encontra o sistema de aterramento. O documento é validado pela ART (Anotação de Responsabilidade Técnica) devidamente registrada no CREA, emitida por Engenheiro.

O aterramento elétrico tem a função de dispersar correntes de falta no solo, protegendo os sistemas elétricos e as pessoas, portanto, é extremamente importante a vistoria periódica, conforme normas NBR 5410 e NBR 5419 garantindo a proteção adequada para a edificação e as pessoas.

 

 

Laudos de SPDA (PARA RAIOS)

 

Exigido para Empresas, Condomínios residenciais, Comércios, etc.

Os “raios” nome dado as descargas elétricas atmosféricas, são fenômenos naturais imprevisíveis quanto aos efeitos destruidores que podem causar.

Este laudo tem o objetivo de fornecer informações das condições da instalação do Sistema de Proteção contra Descargas Atmosféricas (Para-Raios), que deve atender as prescrições da NBR 5419/2015 da ABNT. No relatório constam, de forma completa, as inspeções e medições do sistema de aterramento elétrico e do sistema de para-raios.

As inspeções realizadas nos sub sistemas do SPDA, verificam a integridade física dos componentes e conexões conforme o projeto com a norma, o estado das malhas, dos captores, descidas, etc. São realizadas também medições de resistência de terra em diversos pontos e medições de continuidade das malhas e cabos de equipotencialização. Todas as não conformidades são registradas em foto. As medições são realizadas com equipamentos certificados e calibrados, com rastreabilidade pelo INMETRO, nossos procedimentos seguem todas as normas exigidas pela ABNT e órgãos internacionais vigentes de padronização e segurança.

  1. Os laudos técnicos do SPDA são obrigatórios?
  2. Quem pode elaborar laudos técnicos?
  3. Qual o período para as inspeções?

Sim. Para a elaboração do PPCI – Plano de Prevenção Contra Incêndio e suas renovações, e ainda conforme o item 10.2.4.g da NR10 é estabelecido o PIE - Prontuário das Instalações Elétricas deve conter o Relatório Técnico das Inspeções que nada mais é do que o Laudo Técnico das Instalações Elétricas. A mesma norma, no item 10.2.4.b estabelece que o PIE deve conter o Laudo de inspeção do SPDA. Estes laudos, juntamente com o Diagnóstico NR10, são partes do PIE - Prontuário Elétrico, e conseqüentemente de todo o sistema de segurança elétrica da empresa.

Os laudos devem ser elaborados por Eng. Eletricistas, pois estes têm habilitação legal conforme o Item 10.2.7 da NR10, e com ART (Anotação Responsabilidade Técnica).

1 ano - para estruturas contendo munição ou explosivos, ou em locais expostos à corrosão atmosférica severa (regiões litorâneas, ambientes industriais com atmosfera agressiva etc.), ou ainda estruturas pertencentes a fornecedores de serviços considerados essenciais (energia, água, sinais).

3 anos - para as demais estruturas.

  

 Laudos das Instalações Elétricas 

 

O Laudo Técnico das Instalações Elétricas é um laudo pericial que trata dos aspectos técnicos envolvidos numa instalação elétrica. Atualmente é exigido no Brasil por diversas instâncias do poder público, por certificadoras, por companhias de seguro e para elaboração do PPCI – Plano de Prevenção Contra Incêndio para atestar a conformidade das Instalações Elétricas residenciais, comerciais e industriais.

 

Alguns dos órgãos que podem exigir um Laudo Elétrico são:

 

  • Ministério do Trabalho e Emprego, através da sua norma regulamentadora NR-10;
  • Corpo de Bombeiros - Prefeitura Municipal;
  • Certificadoras ISO 18000;
  • Seguradoras.

O Laudo Elétrico é emitido por Engenheiro Eletricista legalmente habilitado e segue as diretrizes das normas técnicas da ABNT (Associação Brasileira de Normas Técnicas) e as Normas Regulamentadoras do Ministério do Trabalho e Emprego. Para isto, o laudo é acompanhado da ART (Anotação de Responsabilidade Técnica) devidamente registrada no CREA/RS.

 

 Análise do Fator de Potência

 

Nossos serviços de medição do fator de potência são feitos com medidores de grandezas elétricas de última geração, que instalados por um período de tempo para que se obtenham dados que permitem a elaboração de um completo relatório. Este relatório indica as soluções se for constatada a necessidade de ações corretivas, proporcionando vários benefícios às instalações elétricas dentre elas:

 

• Melhoria da tensão;

• Redução de perdas elétricas;

• Redução do custo de energia elétrica; 

• Aumento da vida útil das instalações e dos equipamentos; 

• Redução do efeito Joule (aquecimento dos condutores); 

• Liberação de capacidade para instalação de novos equipamentos, sem a necessidade de investimentos em transformadores ou substituição de condutores.

   

 

 

 Laudo Técnico para Crédito de ICMS

 

 

Sua empresa (indústria em geral) pode se creditar de parte do ICMS (Imposto sobre Circulação de Mercadorias e Serviços) incidente sobre a conta de energia elétrica. 

Para recuperação do ICMS é necessário determinar, através de uma vistoria técnica, as potências e o consumo dos equipamentos legalmente envolvidos nos processos produtivos da empresa. 

Para recuperação ICMS é necessário um Laudo que determina qual o consumo de energia elétrica na parte produtiva da empresa. Esse laudo é feito por um engenheiro eletricista após uma análise dos processos, respeitando os dispostos do RICMS (Regulamento do Imposto sobre Circulação de Mercadorias e Prestação de Serviços). 

Toda empresa que se enquadra no Regime Periódico de Apuração de ICMS (RPA - Normal) e tem setores produtivos tem direito a crédito de ICMS da energia elétrica

 

Alguns modelos de empresas que podem se beneficiar do Crédito de ICMS sobre o consumo de energia Elétrica:

 

  • Metalúrgicas;
  • Padarias;
  • Empresas de injetados;
  • Calçados;
  • Empresa que gere um produto final com uso de energia elétrica.

 

 Laudo com ART para Reformas em Condomínios 

 

A nova norma, a NBR 16.280 que está vigente desde 18/04/2014 tem o objetivo de cuidar da segurança e da durabilidade das edificações. 

Toda e qualquer tipo de intervenção em suas unidades deverão apresentar um projeto assinado por um engenheiro detalhando o que será executado, com ART (Anotação de Responsabilidade Técnica). Cabe ao síndico autorizar ou não a reforma após a reunião dos documentos. 

A norma estabelece como reforma, toda e qualquer alteração que vise recuperar, melhorar ou ampliar as condições de habitabilidade, uso ou segurança, e que não sejam de manutenção. Portanto, a instalação de equipamentos elétricos de grande porte (ex: Máquinas de Ar- Condicionado), troca de fiação, expansão das instalações elétricas, sistemas de prevenção e combate a incêndio, instalação de SPDA (sistema de proteção contra descargas atmosféricas) e automação são enquadradas como reforma e necessitam de responsável técnico que faça o acompanhamento do serviço com recolhimento de ART.